Pizzarias à la carte na Região Carbonífera

Há dois anos morando em Criciúma, aos poucos vou conhecendo os bons lugares para degustar de uma boa comida em um sábado à noite. Nos últimos finais de semana, conhecemos duas pizzarias à la carte nas cidades da região e que valem muito a visita. Afinal, uma região onde a gastronomia italiana é tão forte, não tem como não haver boas pizzas, assadas no forno à lenha, para degustar.

Além da boa comida, as duas pizzarias investiram ~ e muito ~ na montagem do ambiente. Com toques rústicos, os salões ficam bem aconchegantes. Para mim, além dos restaurantes servirem pratos saborosos, criar um local que agrade os clientes conta muito na hora de escolher onde ir comer e tornar o momento ainda mais especial.

Continuar lendo

Casa do Chico em Nova Veneza ~ Comida boa por um preço justo

Servir comida italiana é a característica da maioria dos reviews que publiquei sobre restaurantes aqui no blog. Percebe-se, então, o quanto adoro saborear este tipo de gastronomia. E para comemorar um ano de casamento em grande estilo, encontramos um local que oferece um combo de comida boa, ótimo atendimento, ambiente refinado e preço bom.Captura de Tela 2015-04-15 às 10.07.34

No último final de semana resolvemos ir à Casa do Chico, em Nova Veneza. Fazia tempos que eu tinha vontade, mas sempre encontrava uma desculpa. Dessa vez, unimos o útil e o agradável e tivemos um excelente jantar romântico de comemoração.

Nos finais de semana, o estabelecimento não faz reservas, então é necessário chegar cedo para evitar esperar uma mesa vagar. Chegamos por volta das 20 horas e estava bastante tranquilo.

Decoração do ambiente é rústica e pensada nos mínimos detalhes

Logo, a recepcionista nos encaminhou para um mesa para dois. Porém, eu não havia gostado muito do local e o garçom gentilmente nos ofereceu outro lugar para sentar. Ponto para a casa!

O cardápio é bem variado e a casa oferece também pizzas ~ que todos dizem ser muito boas, mas eu ainda não provei. Escolhemos pedir o galeto livre para duas pessoas e frango, costela de porco, salada, maionese, polenta frita e macarrão são servidos à vontade. Ah, e antes da comida chegar, uma sopa de capeletti deliciosa é servida.

Processed with VSCOcam with m5 preset

A Casa do Chico fica em Nova Veneza, na principal praça da cidade e ao lado da gôndola. Com o charme da localização, parece que voltamos no tempo e deixa o ambiente muito mais agradável!

Passeando por Nova Veneza

Às vezes, nos preocupamos muito em conhecer lugares longínquos e não nos lembramos que a nossa casa tem muito a oferecer. E foi mais ou menos assim que me senti neste fim de semana, ao fazer um tour por Nova Veneza.

A “viagem” a partir de Criciúma é curtinha, em menos de meia hora estamos na nossa cidade vizinha, típica italiana. E como o clima do país colonizador está imperando às vésperas da X Festa da Gastronomia, as bandeiras com as cores verde, vermelho e branco estão expostas nas diversas casas por ali.
No domingo – bem como em dias úteis – o clima da cidadezinha é tranquilo. A praça é tomada por pessoas mais velhas, se divertindo com jogos de cartas, que até é bonito de se ver. Elas não se preocupam com a quantidade de carros que passam indo à diversidade de restaurantes típicos da cidade.
E nós estávamos à procura deles, em busca da comida típica italiana. Na semana anterior, eu havia feito uma reserva para seis pessoas no Restaurante Ghellere. Eu não tinha ido ainda, mas as recomendações que tive foram as melhores. Acho que eu não errei na escolha.
Por um preço ótimo comemos comida italiana – e matei meu desejo de meses – a vontade. Na mesa, os garçons serviam galinha caipira ensopada, polenta, fortaia, nhoque, macarrão e massa. Tudo isso acompanhado de um delicioso espeto corrido! Dá água na boa só de lembrar.
Após comermos até não dar mais. Passeamos por entre o terreno do restaurante. Um rio com água da Barragem do Rio São Bento corta os fundos do empreendimento. Ficar observando o leito dali é algo super romântico.
E por falar em romantismo, a praça de Nova Veneza é linda. Muito bem conservada e com características bem antigas, o local é ponto de encontro. Os apaixonados que não podem ir até Veneza, na Itália, podem imaginar que estão navegando em uma gôndola.
Presente da Itália, a gôndola é atração turística da cidade. Pude observar que muita gente que estava à procura do objeto ficou desapontada.  A peça foi retirada para restauração e deve ser colocado novamente no local em breve, para a X Festa da Gastronomia.
Outro ponto turístico, e não menos romântico, é a Barragem do Rio São Bento. Esta eu já não sei se pertence ao município de Nova Veneza ou Siderópolis. O lugar, quase aos pés da serra é lindo e o responsável por abastecer toda a região. Cercado de montanhas, a impressão que se tem é de estar dentro de uma pintura. Quando o lago artificial está cheio, a água vaza por entre a barreira formando uma linda cortina branca.